A Renova vai investir 40 milhões de euros na construção de uma nova linha de fabricação de papel tissue e na ampliação da sua fábrica, em Torres Novas. Em comunicado, a marca portuguesa de grande consumo refere que a nova linha será um “investimento tecnologicamente inovador” que irá permitir aumentar a capacidade de produção de papel em 50% com aquela que diz ser uma “tecnologia pioneira na Europa”.

\r\n

 

\r\n

\r\n

Rede Social Marcas
REGISTE-SE. É GRATUITO!

\r\n

 

\r\n

Com o início de produção previsto para o segundo semestre de 2016, a aposta da Renova pretende dar continuidade ao plano de expansão industrial da empresa portuguesa, que recentemente, também anunciou a instalação de uma fábrica em França

\r\n

 

\r\n

“Este investimento é consequência da nossa forte aposta na inovação e competitividade. A componente inovação tecnológica é um fator essencial para o nosso desenvolvimento internacional”, refere Paulo Pereira da Silva, CEO da Renova.

\r\n

 

\r\n

Atualmente a marca conta com duasfábricas no mercado nacional e escritórios em Portugal, Espanha, França e Bélgica. No entanto, o objetivo é flexibilizar a capacidade de resposta nos mercados centro e norte da Europa e incrementar a sua presença noutros continentes, nomeadamente na América do Norte.